7 de maio de 2019

Análise de Resultado: CIA HERING 1T2019

"Your positive action combined with positive thinking results in success."
 (Shiv Khera)

Olá meus amigos da blogosfera financeira, tudo bem? Nesta postagem iremos analisar os resultados da Cia Hering (BVMF:HGTX3) referente ao primeiro trimestre de 2019. No livro Investindo para Vencer: Segredos do Mille é apresentado quatro aspectos para se analisar um empresa: Geração de Caixa, Produtividade, Endividamento e Governança. Nós analisarem através destes critérios, mas lembre-se: Não sou analista certificado. Isto não é recomendação de compra ou venda!

Se você deseja entender com detalhes os resultados, sugiro a leitura do release do 1T2019 que possui 18 páginas. A planilha elaborada por mim está disponível aqui e se você já está familiarizado com o mural da Bastter.com você não terá nenhuma dificuldade em compreender. Se você for iniciante, a planilha contém explicações sobre cada terminologia utilizada abaixo.

Geração de Caixa

Geração de Caixa
A geração de caixa subiu no ano de 2018 e continuou forte no 1º trimestre de 2019. O FCL CAPEX/Ações se manteve no valor de R$ 1,82 por ação.
Apesar do crescimento do fluxo de caixa operacional no começo de 2019, houve uma diminuição do PAYOUT de forma a se investir mais na empresa. Esta medida se mostra mais vantajosa com a produtividade atual como veremos a seguir.

Produtividade

Rentabilidade
A receita líquida da empresa continua estagnada desde 2012, porém mesmo com a recessão 2016-2017 a rentabilidade (ROE, ROIC) se manteve estável.
Sabemos que em meados do ano passado foi realizado a mudança de um novo modelo operacional com objetivo de ampliar os resultados.
No 1T2019, as Vendas nas Mesmas Lojas (SSS - Same Store Sales) cresceu cerca de 10% em relação ao 1T2018.
Margens
No auge da crise em 2016, a margem líquida caiu para 13%, sendo que no 1T2019 voltou para 16%.

A empresa continua com uma gestão  austera  de  despesas, que foram impactadas pela mudança contábil do IFRS 16

Não vou entrar muito em detalhes, mas basicamente os contratos de aluguéis precisam ser lançados no ativo como direitos de uso e no passivo como arrendamento mercantil. Assim, os custos e despesas com aluguéis foram convertidos em ativos e passivos. Esse direito de uso será depreciado ao longo do tempo de acordo com o prazo médio dos contratos de locação. Além disso, os valores dos contratos são trazidos a valor presente para compor o arrendamento mercantil (passivo), baseado na taxa de juros das dívidas que a companhia possui, então, é gerado um aumento de despesas financeiras para a companhia. Isto influencia no Imposto Renda calculado.

Endividamento

Endividamento

O modelo de negócio da empresa (franquias) é um forte gerador de caixa, permitindo que a empresa possua dívida líquida negativa.
A Cia Hering continua investindo em ações de marketing, revisando o modelo de desenvolvimento de produtos, avançando a  estratégia  de  digitalização  dos  canais B2B  (Business to Business). 
O Fluxo de Caixa de Investimentos continua menor que a Depreciação e Amortização, mantendo um FCL CAPEX cada vez maior.

Governança

Desde a metade do ano passado, a cadeia que vai desde do desenvolvimento de produto até a estratégia de vendas está sob a responsabilidade de Thiago Hering, herdeiro e um dos maiores franqueadores da rede com 21 lojas. Estas mudanças permitiram que a empresa tivesse um aumento de vendas de dois dígitos pela primeira vez desde 2T2011
Um CEO totalmente alinhado ao acionista minoritário é sinal de boa governança. Há um expectativa que a Cia Hering possa se aproximar do benchmark do setor: Lojas Renner (LREN3). Enquanto Cia Hering negocia 18x lucros de 2019, Lojas Renner negocia a 25x lucros de 2019.

 

Conclusão

Lembre-se: O valor de uma empresa é função de seus resultados futuros, não adianta ficar olhando para o retrovisor porque as empresas são "organismos vivos" e estão sempre em transformação. Tome o exemplo de Cielo (CIEL3), esta dificilmente continuará a ter resultados similares aos anos anteriores.

A Cia Hering foi um turnaroud de maior sucesso na bolsa de 2009-2012, mas será que terremos um novo Frederico Trajano (MGLU3) capaz de revolucionar a empresa novamente? O mercado fez uma reprecificação da empresa com múltiplos similares a 2011~2012.

É muito cedo para afirmar se as mudanças terão o efeito esperado, ainda mais se tratando de uma empresa do segmento de consumo cíclico. Se o desemprego cair e o Brasil voltar a crescer, a Cia Hering poderá ser beneficiada se conseguir lançar coleções adequadas e entender o perfil de seus clientes alinhado aos diferentes canais de distribuição, buscando se aproximar do benchmark do setor (LREN3).

Diante do exposto, pretendo manter o investimento nesta empresaEspero que tenham gostado na análise, grande abraço e até a próxima

9 comentários:

  1. Parabéns, boa análise, acompanhando o blog sempre.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu fiz um trade na ação, quando o preço começou a se recuperar, mas acabei saindo depois, porque pensava que ia ser mais difícil a retomada da empresa, no final parece que ela está conseguindo mesmo se recuperar.

      Excluir
    2. Olá Investidor Macro,

      Eu acabei vendendo em DEZ/2018 porque a ação passou do limite máximo estipulado na minha carteira (https://oaportadorfinanceiro.blogspot.com/2018/12/aporte-dezembro2018.html)

      Com o resultado operacional crescendo em um trimestre relativamente fraco (1T2019), sigo firme neste case.

      Abraço

      Excluir
  2. Respostas
    1. Olá Anônimo,

      O valor do Lucro por Ação ficou R$ 1,5209 no valor anualizado com o 1T2019. Se a Empresa mantiver o mesmo ROE (19%) o EPS (Lucro por Ação) para 2019 poderá ser R$ 1,722644.
      Desta forma, a empresa negocia 18x lucros previsto para 2019 (cerca de R$ 31,00).

      Abraço.

      Excluir
  3. É uma empresa muito boa. Mas há uns 8 meses atrás a ação estava bem descontada, hoje em dia está mais precificada.

    Abraço e bons investimentos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade DIL,

      Chegou a ser negociada a R$ 14,xx em Set/18, mas com o fechamento abaixo dos R$ 28 na ultima sexta feira, a vontade de comprar mais está cada vez maior.

      Grande abraço.

      Excluir
  4. Para este tipo de empresa (cíclica, certo?) aquela planilha de cálculo de preço justo (preço descontado) não serve? Tentei preencher ela para a hering mas não consegui achar todos os dados.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OBS: Refiro-me à planilha do google drive que você disponibilizou aqui no seu blog para o cálculo do preço justo de acordo com o fluxo de caixa descontado.

      Excluir