18 de junho de 2017

Está Caro ou Barato? Calcule o CAPE!

"The ability to focus attention on important things is a defining characteristic of intelligence" (Robert J. Shiller)

Olá prezados leitores, tudo bem? Ultimamente tenho lido alguns artigos na blogosfera financeira internacional no qual existe um conceito que é largamente utilizado para indicar se o mercado está sub ou sobreavaliado, além de prever qual a sua expectativa de retorno: Cyclically Adjusted Price Earnings (CAPE). O Preço sobre Lucro Ajustado Ciclicamente (CAPE), fornece uma visão muito mais completa do que o tradicional Preço/Lucro, visto que este possui duas grandes desvantagens:
  • Lucros corporativos são extrematente voláteis, tornando-se extremamente difíceis fazer alguma previsão no curto prazo. Por exemplo: Os lucros da bolsa americana (S&P 500) variaram de 7 até 77 pontos de 2009 até 2010, portanto os níveis de retorno esperados com esses valores não são tão representativos no futuro (fonte);
  • Preço/Lucro não fornece dados precisos em anos de crise onde os lucros baixos ou prejuízos fornecem oportunidades de compra. Algumas vezes, P/L não leva em consideração o potencial de crecimentos dos lucros após a crise.

Mas o que é o CAPE?  É uma medida popularizada por Robert J. Shiller (laureado com Prêmio Nobel de Economia em 2013) que substitui o P/L convencional das ações com dois ajustes. Primeiro, em vez de usar o lucro por ação (LPA) mais recente,  é computado uma média dos últimos 10 anos; em segundo lugar, este indicador permite ajustar os efeitos inflacionários do período, ou seja, os valores passados são ajustados a valores presentes.

Para entendermos melhor como é feito este cálculo, iremos analisar o desempenho da empresa GRANDENE (BVMF:GRND3), considerando os valores atualizados pelo IPCA através do Valor Nominal Atualizado (VNA). A planilha com os valores está disponível aqui.
Cálculo Indice CAPE para Grandene
Nas colunas identificadas com "Valores Históricos" estão os valores nominais, enquanto que nas colunas identificadas com "Valores Ajustados a Inflação" estão os valores atualizados até 31/03/2017 considerando os resultados do 1T2017. Exemplos: o preço no final de 2004 foi R$ 31,50 que equivale em 31/03/2017 a R$ 63,70; o Lucro por Ação (LPA) nos resultados de 31/12/2010 foi R$ 1,04 que é equivalente a R$ 1,58 em 31/03/2017.

O valor do CAPE é obtido através do preço da ação atualizado pela inflação dividido pela média dos lucros por ação (LPA) dos últimos 10 anos. Portanto, podemos perceber que apesar os P/L atual ser 11,16 (Preço R$ 24,54 e LPA R$ 2,20) o valor do CAPE está 13,30, bem acima dos valores do anos anteriores (aproximadamente 11).

Outro ponto interessante é analisarmos se os Proventos e o Lucro por Ação tem crescido acima da inflação, conforme podemos observar na figura abaixo:
Crescimento Proventos x LPA ajustado a inflação
A empresa Grandene (BVMF:GRND3) tem mantido o valor dos proventos constantes apesar do crescimento do Lucro por Ação, sendo que isto é perfeitamente compreeensível pois a empresa passou pelas crises de 2008~2009 e 2015~2017 favorecendo os seus acionistas com o aumento dos lucros. Para efeito de comparação, na mesma planilha comparei o desempenho de Porto Seguro (BVMF:PSSA3) e Banco do Brasil (BVMF:BBAS3).

E agora eu faço uma pergunta pra vocês: Será que basta calcular o valor do CAPE para saber se uma ação está cara ou barata? Recomendo fortemente a leitura do artigo (em inglês) Superman and Stocks: It's not the Cape (CAPE), it's the Kryptonite(Cash flow)! do Aswath Damodaran no qual ele enumera os pontos fracos do CAPE:
  • CAPE não é tão informativo;
  • CAPE não é tão preditivo;
  • Investimento é relativo, não é absoluto;
  • É o fluxo de caixa, não os ganhos que impulsionam as ações. 

Considerações Finais

No Brasil, os resultados das empresas são voláteis devidos as crises econômicas e pelo surto inflacionário recente, o CAPE tenta suavizar os "ruidos recentes" analisando um ciclo de 10 anos. Acredito que é uma ferramenta interessante para análise ao considerar a capacidade do gestor da empresa em enfrentar as crises, além de utilizar empresas que já possuam o histórico relevante de resultados com capital aberto.

Além disso, o CAPE é utilizado para estimar o retorno do mercado de ações de um país, segundo o estudo Predicting Stock Market Returns Shiller CAPE. Por exemplo: O mercado americano está atualmente (31/03/2017) com o CAPE de 27,5, basta inverter este valor para saber o retorno esperado, ou seja, 1/27,5 = 3,6% . Portanto, ao comprar o índice americano a expectativa de retorno é 3,6% ao ano. E o Brasil? Atualmente o CAPE do Brasil está 10,7 (fonte), gerando uma expectiva de retorno de 9,35% ao ano em dólares.

E qual a importância de calcular isso? A expectativa de retorno está diretamente ligada a Taxa Segura de Retirada (TSR), ou seja, se você quer viver de renda de ações é muito importante saber qual é a expectativa de retorno da sua carteira. Se você comprar o índice americano agora a 27,5 e utilizar a TSR de 4% definida pelo Trinity Study, você irá comprometer seriamente a sua aposentadoria.

Nas próximas postagens irei aboradar alguns aspectos da Taxa Segura de Retirada utilizando o CAPE. Além disso, terei que rever a minha alocação na carteira de ETFs no exterior considerando a expectactiva de retorno utilizando este indicador.

Bons investimentos, grande abraço e até a próxima.

12 comentários:

  1. Parabéns pelo post.
    Não conhecia essa análise.
    Vou começar a estuda-la.

    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Cowboy,

      Apesar de ser um pouco mais trabalhoso montar esse indicador, acho que vale a pena fazer uma análise.

      Não expliquei na postagem sobre o preeenchimento da planilha para não ficar tão extensa:
      1) Para empresas com PN e UNIT deve-se considerar o valor do provento por ação durante o ano com base nas demonstrações financeiras anuais.
      2) Deve-se considerar o valor histórico da ação do último dia do exercício (31 de Dezembro) e não o valor "ajustado a proventos"
      3) Deve buscar o valor do VNA (Valor Nominal Atualizado) do mês de referência, embora este é atualizado todo dia 15 de cada mês.

      Talvez eu tenha que fazer um outra postagem para explicar esses detalhes. Embora o valor do CAPE seja importante, é o fluxo de caixa que direciona o valor das ações.

      Grande Abraço Cowboy.

      Excluir
  2. ótimo artigo! Inclusive tive conhecimento no ano passado deste método de valuation, devo saliente que é bem plausível deflacionar lucros para chegar ao valor real.

    O que assistimos no mercado americano nos últimos anos é que salvo raros exceções, lucro das empresas não tem aumentando muito ao longo da ultima década, mas este fenômeno tem uma explicação plausível e se chama:

    Quantitative easing (QE), conhecido também como flexibilização quantitativa é a criação de quantidades significantes de dinheiro novo (geralmente electronicamente) por um banco, mas autorizado pelo Banco Central, mediante o cumprimento das normas de percentuais pré estabelecidos.

    Quanta taxa de juros foi manipulada artificialmente pelos bancos centrais EUROPEU& Americano, ocorre um fenômeno interessante:migração de gestores com fortunas de bilhões de dólares do mercado títulos para o mercado acionário instantaneamente.


    Afinal com uma taxa de juros 0% e muitas vezes negativas, dinheiro deste fundos precisa ser remunerado de alguma forma.

    Aonde esta o erro?

    Quando mais temos de um item " Dinheiro" e quanto menos temos de outro Item " Ações" = Elevação no preços do segundo.

    Lei de oferta e demanda clássica.


    Em um mercado saudável = O preços das ações responde ao aumento de lucros + fluxo de caixa da empresa.

    Em um mercado bolhado = Aumento de preços das ações responde diretamente a uma redução do custo oportunidade " Juros".


    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Mestre,

      Definitivamente o que vemos agora no mercado americano é uma bolha no valor dos ativos e todo cuidado é pouco nesse momento.

      Para quem está na fase de acumulação (nosso caso) é importante entender que um valuation esticado gerará um retorno menor, simple assim (menor margem de segurança).

      As taxas de juros negativas nos mercados desenvolvidos causam estas distorções:
      1) http://epocanegocios.globo.com/Dinheiro/noticia/2017/03/por-que-os-suecos-pagam-mais-impostos-do-que-devem.html

      Grande Abraço

      Excluir
  3. Aportador, muito bom post. O Frugal já fez um sobre CAPE também explicando como funciona mas sei que esse tipo de assunto é um pouco mais avançado, tem muita gente que acompanha nossos blogs mas não entendem bem.

    O Mercado americano está em bolha sim mas não confio no mercado brasileiro em mais de 9% ao ano dolarizado. Nossa economia é muito volátil e sendo assim, mesmo com a bolha americana ainda acho mais seguro manter dinheiro lá do que no Brasil, pelo menos lá sabemos que é uma bolha e no Brasil nunca saberemos que tipo de delação poderá vir e detonar o mercado.

    Quanto aos ETF, cara dá uma olhada melhor nesse remanejamento que as vezes as taxas encarecem. Comprei o CSX:CSPXJ-USD e a corretagem pra mim foi de 10 Trumps enquanto ações é de 1!

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá BPM,

      Este tipo de análise utilizando CAPE está ao alcance de todos, o Frugal explicou como era utilizado para definir uma expectativa de retorno de um ativo ou mercado. Eu precisava abordar esse tema para falar sobre a Taxa Segura de Retirada (TSR) utilizando como parâmetro uma moeda forte (dólar).

      Imagina se você tem 1 milhão de dólares de patrimônio e que usufruir deste patrimônio durante 30 anos, com o valuation atual qual seria a sua Taxa Segura de Retirada? O CAPE pode te ajudar a responder.

      Em relação aos ETFs, eu utilizo a TD Ameritrade onde a corretagem é zero e a taxa de custódia também é zero. Só tenho despesa com as taxas da Remessa Online.

      Grande Abraço

      Excluir
    2. Olá, colega.
      Para uma análise sobre a relação entre SWR e CAPE, leia: https://earlyretirementnow.com/2016/12/21/the-ultimate-guide-to-safe-withdrawal-rates-part-3-equity-valuation/

      Sugiro que você leia os 16 artigos sobre o tema SWR é de longe o que melhor já li sobre o tema (e olha que já li bastante).

      Um abraço!

      Excluir
    3. Olá Soul, obrigado pela visita.

      Eu já li este guia, realmente é muito bom. Eu fiz esta postagem para explicar o CAPE para em seguida explicar o SWR.

      Há poucas postagens em português sobre o SWR em renda variável, gostaria de abordar este tema.

      Abraços.

      Excluir
  4. Excelente artigo, ainda não conhecia o CAPE vou estudar sobre o assunto, sempre aprendendo.

    Também tenho um blog, onde escrevo sobre Ações e Fundos Imobiliários, se poder passe lá.

    Abraço, continuarei seguindo o seu Blog

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Dinheiro Investimento e Lazer, obrigado pela visita.

      Já adicionei voê ao blogroll.

      Abraços.

      Excluir
  5. Parabéns aportador pelo conteúdo, realmente muito bom.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Maromba, obrigado pela visita.

      É importante entender esse conceito para estimar a expectativa de retorno. Irei abordar sobre a Taxa Segura de Retirada nas proximas postagens utilizando o CAPE.

      Abraços.

      Excluir